Hospital Santa Rita

Notícias

Acompanhe as notícias da Afecc

Julho Verde 2022

Câncer de cabeça e pescoço chega a 90% de cura

O câncer de cabeça e pescoço, quando diagnosticado e tratado precocemente, alcança 90% de cura. Esse é o alerta que a Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço (SBCCP) faz na campanha Julho Verde deste ano.

Durante todo o mês de julho são reforçadas as orientações à população para que fique atenta aos sintomas que podem indicar a doença e procurar, o mais rápido possível, o médico especialista.

O câncer de cabeça e pescoço é um termo genérico que engloba uma série de tumores malignos que podem aparecer na boca, orofaringe, laringe (onde estão as cordas vocais), nariz, seios nasais, nasofaringe, órbita, pescoço e tireoide. Esses tumores estão entre os tipos de câncer mais comuns no Brasil.

“O compromisso da nossa sociedade em busca de tratamentos cada vez mais eficazes no combate ao câncer e a todas as doenças que acometem a região da cabeça e pescoço é incansável, assim como as ações para orientar a população. A massificação da divulgação, em âmbito nacional, sobre os cuidados, tratamentos e detecção precoce do câncer de cabeça e pescoço ajuda, em muito, a salvar vidas. A população precisa estar cada vez mais consciente de que as chances de cura do câncer são muito maiores para os casos diagnosticados precocemente”, informa o presidente da SBCCP, Dr. Marco Aurélio Kulcsar.
 
O cirurgião de cabeça e pescoço Marco Homero de Sá Santos, coordenador do Julho Verde 2022 no Hospital Santa Rita, acrescenta que é de suma importância não descuidar da saúde e procurar uma unidade de atendimento médico sempre que perceber alterações que sugerem uma possível doença.
 
Durante o mês de julho, a equipe de cirurgia de cabeça e pescoço do Santa Rita realizou atividades internas com os funcionários do Hospital, orientando sobre a doença e a detecção precoce.

Estimativas
A estimativa do Instituto Nacional do Câncer (Inca) para este ano é de que surjam 36.620 novos casos de câncer de cabeça e pescoço no Brasil, incluídos nesse total os tumores de boca (cavidade oral), laringe e tireoide.

Na Afecc-Hospital Santa Rita, referência em oncologia no Espírito Santo, os registros de câncer de cabeça e pescoço somaram 385 novos casos em 2021, o que representa 19 a mais que o ano anterior. O mais frequente foi o câncer de boca, com 139 casos registrados, totalizando 7 a mais que em 2020.
 
PRINCIPAIS FATORES DE RISCO
Para câncer de cavidade oral (boca)
  • Tabagismo
  • Consumo excessivo de álcool
  • Exposição ao sol sem uso de protetor labial
  • Infecção por HPV (Papolomavírus Humano)
 
 
Para câncer de tireoide
  • Dieta pobre em iodo
  • História de irradiação do pescoço
  • Radioterapia em baixas doses (principalmente na infância)
  • História familiar de câncer de tireoide
  • Obesidade
  • Tabagismo
  • Exposições hormonais
  • Poluentes ambientais
 
 
Para câncer de laringe
  • Tabaco (cigarros, charutos, cachimbos, narguilés e produtos feitos por rolos)
  • Consumo excessivo de bebidas alcoólicas
  • Excesso de gordura corporal
  • Exposição ocupacional de alguns elementos como pó de madeira, produtos químicos utilizados na metalurgia, petróleo, plásticos, indústrias têxteis e o amianto
 
 
Para câncer de pele
  • Exposição prolongada ao sol (raios ultravioletas - UV), principalmente na infância e adolescência
  • Exposição ao sol sem uso de protetor solar
  • Exposição a câmeras de bronzeamento artificial
  • História familiar de câncer de pele
 
PRINCIPAIS SINTOMAS DO CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO
  • Aparecimento de nódulo no pescoço
  • Manchas brancas ou avermelhadas na boca
  • Ferida que não cicatriza em duas semanas
  • Dor de garganta que não melhora em 15 dias
  • Dificuldade ou dor para engolir
  • Alterações na voz ou rouquidão por mais de 15 dias
Esses sinais também são causados ​​por outras condições clínicas. Portanto, é importante conversar com seu médico.
 
ESTIMATIVA PARA 2022
  • Boca (cavidade oral) = 15.190, sendo 11.180 em homens e 4.010 em mulheres
  • Laringe = 7.650, sendo 6.470 em homens e 1.180 em mulheres
  • Tireoide = 13.780, sendo 1.830 em homens e 11.950 em mulheres

TOTAL = 36.620 novos casos de câncer de cabeça e pescoço, sendo 19.480 em homens e 17.140 em mulheres.
Fonte: Instituto Nacional do Câncer (Inca)
 
PROBABILIDADE DE CURA
Para câncer de tireoide - 90% em jovens
Para câncer de boca (cavidade oral) - até 80% de cura.
Para câncer de laringe - acima de 80% nos casos iniciais, sendo que, em 70%, a laringe é inteiramente preservada.
Para câncer de pele - carcinoma basocelular (CBC) e carcinoma espinocelular (CEC) são as formas mais comuns do câncer de pele e têm 90% de chance de cura se forem identificados rapidamente. O melanoma é mais agressivo e sua taxa de ocorrência é menor, porém, pode se espalhar para outros órgãos caso seja detectado tardiamente.


Palestra com Dr. Marco Homero de Sá Santos para os funcionários
 

compartilhe: