Hospital Santa Rita

Notícias

Acompanhe as notícias da Afecc

Mais de 7 milhões de pessoas morrem por ano, no mundo, devido ao câncer

VAMOS REDUZIR ESSA ESTATÍSTICA?
 
Hoje, 4 de fevereiro, a data de alerta para a prevenção e importância da detecção precoce do câncer, o Dia Mundial do Câncer – estabelecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) -, completa 20 anos.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), este ano a data torna-se ainda mais relevante para a conscientização, em todo mundo, porque a epidemia global de câncer tende a aumentar nos próximos anos. Atualmente, 7,6 milhões de pessoas no planeta morrem em decorrência da doença a cada ano. Dessas, 4 milhões têm entre 30 e 69 anos. 

Seguindo a linha de alertar para conscientizar, a Afecc-Hospital Santa Rita chama a atenção da sociedade para a importância da detecção precoce do câncer. Quanto mais cedo a doença for diagnosticada, maiores as chances de controle e cura.

O oncologista clínico do Santa Rita, Loureno Cezana, orienta a população a ter hábitos saudáveis, realizar atividade física, não fumar, não abusar de bebidas alcoólicas, entre outras dicas. Veja no Quadro 1.

Estima-se que 1,5 milhão de mortes anuais por câncer poderiam ser evitadas com medidas adequadas, entre elas, a conscientização da sociedade.

Registros no Santa Rita
Durante o ano de 2018 o Ambulatório do Hospital Santa Rita, que atende pacientes do SUS, realizou 110.656 atendimentos a pacientes oncológicos. Esse número representa um aumento de 10,10% em relação ao ano de 2017 e de 33,40% considerando os últimos cinco anos.

No que se refere a casos novos, foram registrados 3.269 novos atendimentos no Ambulatório e no setor de Radioterapia, durante o ano de 2018. O câncer de mama foi o que mais teve registro (633), seguido do câncer de próstata (490).
Confira abaixo, no Quadro 2.

Os registros referentes ao ano de 2019 estão em fase de tabulação, mas os dados preliminares já apontam que o câncer de mama e de próstata lideram os registros de novos casos. Até o mês de novembro foram registrados no Ambulatório do Santa Rita 687 novos casos de câncer de mama, seguido de 565 novos casos de câncer de próstata. 
 
 
Quadro 1

Fique atento e Previna-se
Não fume - Segundo estatísticas do Inca, o tabagismo é a principal causa de câncer evitável no mundo. Ao queimar o cigarro, as consequências são sentidas não apenas por quem fuma, mas também por todos ao seu redor.

Não abuse de bebidas alcoólicas - O álcool aumenta a chance de desenvolvimento de alguns tumores, como intestino, esôfago e fígado. Mas também potencializa os efeitos do tabaco.

Mantenha hábitos de sexo seguro - O uso de preservativo é fundamental na prevenção do câncer de colo de útero e outros tipos de câncer. Hoje, sabe-se que o Papiloma Vírus Humano (HPV) – doença sexualmente transmissível – é o principal responsável por alguns tipos de câncer como o câncer do colo do útero, vulva, pênis e orofaringe (garganta).

Vacina contra HPV – Meninas na faixa etária dos 9 aos 14 anos de idade e meninos, dos 11 aos 14 anos, devem ser vacinados contra HPV.

Evite o consumo excessivo de açúcares, gorduras, carne vermelha, de porco e das processadas - O açúcar não tem relação direta com os diversos tipos de câncer. No entanto, quando é consumido em excesso, faz o organismo liberar muita insulina para metaboliza-lo. A insulina muito alta aumenta a produção de uma substância chamada citocina pró-inflamatória. E quanto maior a quantidade dessa substância, maiores as chances de câncer. Em relação às frutas, legumes e verduras, elas são ricas em fibras e protegem o intestino contra o câncer.

Evite o consumo de alimentos ricos em sódio e conservantes - Os alimentos processados – o que incluem enlatados e embutidos como mortadela, presunto, salame, bacon e salsicha -, são alimentos que causam câncer pois são ricos em uma substância chamada nitrosamina, que é cancerígena. Por isso é importante que estes  alimentos sejam evitados, assim como os fast foods que, em geral, são ricos em produtos processados.

Cuidado com o sol. Use filtro solar diariamente e evite a exposição entre 10h e 16h - Os raios UVA e UVB, emitidos pelo sol, são os responsáveis pelas alterações celulares que levam ao câncer de pele. Por isso proteger-se do sol é importante na prevenção do câncer de pele. Além do protetor solar, que deve ter o mínimo de fator 30 -, é preferível tomar sol apenas antes das 10h e depois das 16h e não abrir mão do uso de chapéus, guarda-sol, bonés e óculos escuros.

Pratique atividades físicas regularmente - A prática de atividades físicas promove um bem geral ao organismo e também protege contra o câncer. Isto se deve graças a capacidade, em especial de exercícios aeróbicos, de diminuir a circulação das citocinas pró-inflamatórias em nosso organismo.

Mantenha-se atento à sua saúde - O corpo dá sinais quando algo não está certo. Isso também vale para casos de câncer. É importante prestar atenção no corpo e realizar autoexame, pois só assim é possível notar sintomas de câncer, como a presença de algum caroço estranho, uma íngua, mancha na pele ou outro sinal ou sintoma diferente.

Faça um check up médico anual - É importante realizar todos os exames de diagnóstico precoce indicados pelo seu médico. Existe uma série de fundamentais exames que diagnosticam câncer. Entre eles a mamografia, que deve ser feita a partir dos 40 anos para detectar o câncer de mama, a coleta do PSA – exame de sangue que pode detectar câncer de próstata, e a colonoscopia ou pesquisa de sangue oculto nas fezes, a partir dos 50 anos de idade, para diagnóstico de câncer colo retal precoce tanto em homens quanto em mulheres.
 
Quadro 2


 

compartilhe: