Hospital Santa Rita

Notícias

Acompanhe as notícias da Afecc

Prevenção e atitudes saudáveis ainda são as melhores opções

A estimativa foi feita pela Agência Internacional para Pesquisas de Câncer (IARC) que estimou que, em 1012, ocorreram 14 milhões de casos da doença. O envelhecimento da população mundial e o aumento dos casos de câncer em países em desenvolvimento são os principais fatores de risco.

Segundo a agência, mais de 60% dos casos foram registrados na África, Ásia e nas Américas Central e do Sul. Em 2012, os tipos de câncer que mais mataram foram os de pulmão, de fígado e de estômago.
Atitudes saudáveis
 A agência recomendou aos países que estudem a adoção de leis mais rígidas para encorajar estilos de vida mais saudáveis, o que incluiria medidas para conter o consumo de álcool e de bebidas açucaradas.

Para ajudar na mudança de estilo de vida e, principalmente, no combate ao câncer, a Associação Feminina de Educação e Combate ao Câncer (Afecc) oferece as orientações abaixo. Todas cientificamente comprovadas e igualmente indicadas pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca). Confira.
 
NÃO FUME! Essa é a regra mais importante para prevenir o câncer, principalmente os de pulmão, boca, laringe, faringe e esôfago. Ao fumar, são liberadas no ambiente mais de 4.700 substâncias tóxicas e cancerígenas que são inaladas por fumantes e não fumantes. Parar de fumar e de poluir o ambiente fechado é fundamental para a prevenção do câncer.

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL PROTEGE CONTRA O CÂNCER. Deve ser variada, equilibrada, saborosa, respeitar a cultura e proporcionar prazer e saúde. Frutas, legumes, verduras, cereais integrais e feijões são os principais alimentos protetores. Comer esses alimentos diariamente pode evitar o desenvolvimento de câncer. O aleitamento materno é a primeira alimentação saudável. A amamentação exclusiva até os seis meses de vida protege as mães contra o câncer de mama e as crianças contra a obesidade infantil. A partir de então, a criança deve ser amamentada e receber outros alimentos saudáveis até os dois anos ou mais.

PRATIQUE ATIVIDADE FÍSICA COMO PARTE DA ROTINA DIÁRIA. A atividade física consiste na iniciativa de se movimentar, de acordo com a rotina de cada um. Você pode, por exemplo, caminhar, dançar, trocar o elevador pelas escadas, levar o cachorro para passear, cuidar da casa ou do jardim.

ESTAR ACIMA DO PESO AUMENTA AS CHANCES DE UM APESSOA DESENVOLVER CÂNCER. Por isso é importante controlar o peso por meio de uma boa alimentação e manter-se ativo.

MULHERES ENTRE 25 E 64 ANOS DEVEM FAZER O EXAME PREVENTIVO GINECOLÓGICO A CADA TRÊS ANOS. Tão importante quanto fazer o exame é saber o resultado e seguir as orientações médicas. Mulheres com 40 anos ou mais devem se submeter ao exame clínico das mamas anualmente. Em caso de alterações suspeitas nas mamas, a mulher precisa procurar um médico.

EVITE A INGESTÃO DE BEBIDAS ALCOÓLICAS. Seu consumo, em qualquer quantidade, aumenta o risco de desenvolver câncer. Além disso, combinar bebidas alcoólicas com o tabaco aumenta ainda mais a possibilidade do surgimento da doença.

EVITE EXPOSIÇÃO PROLONGADA AO SOL ENTRE 10H E 16H E USE SEMPRE PROTEÇÃO ADEQUADA, COMO CHAPÉU, BARRACA E PROTETOR SOLAR, INCLUSIVE NOS LÁBIOS. Se for inevitável a exposição ao sol durante a jornada de trabalho, use chapéu de aba larga, camisa de manga longa e calça comprida.
FUMO, BEBIDAS ALCOÓLICAS, EXPOSIÇÃO PROLONGADA AO SOL, ALIMENTAÇÃO GORDUROSA TAMBÉM ESTÃO RELACIONADOS AO CÂNCER DE BOCA. Fique alerta a qualquer lesão na boca que não cicatrize por mais de 15 dias.

ALGUNS TIPOS DE VÍRUS, E BACTÉRIAS E DE PARASITAS ASSOCIADOS A INFECÇÕES CRÔNICAS ESTÃO PRESENTES NO PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DO CÂNCER, COM DESTAQUE PARA O PAPILOMAVÍRUS HUMANO (HPV). Além de outras estratégias de prevenção, o uso de preservativos pode contribuir na prevenção da infecção pelo HPV, associada ao câncer do colo do útero, de pênis, do ânus, da orofaringe e da boca.
 

compartilhe: